Manifestantes protestam contra Bush na Grã-Bretanha

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 20 de novembro de 2003 as 04:08, por: cdb

Manifestantes de toda a Grã-Bretanha estão se preparando para uma passeata nesta quinta-feira em Londres, atendendo ao chamado de movimentos pacifistas para protestar contra a visita do presidente americano, George W. Bush, hospedado no Palácio de Buckingham.

– Se há algum ato STOP BUSH (Não a Bush) para vocês participarem, é este – convocou o movimento Stop the World em seu site na Internet.

De acordo com os organizadores da passeata, cerca de 100.000 pessoas devem participar do protesto, a partir das 14H local na Whitehall, a avenida dos ministérios que também dá acesso à Downing Street, sede do governo britânico.

A passeata vai passar pela ponte de Westminster, perto do Parlamento, e terminar na Trafalgar Square.

Os manifestantes começam a se reunir às 12H local (GMT), segundo a Scotland Yard, que vai fechar as ruas do percurso de acordo com o avanço da passeata.

Por volta das 17H local, uma estátua de papel de Bush com seis metros de altura será puxada pelo pescoço com uma corda, até cair. A encenação fará referência ao monumento a Saddam Hussein que foi derrubado durante a tomada de Bagdá pelas tropas da coalizão anglo-americana, em 9 de abril passado.

A passeata deve terminar as 19H00 local, segundo os organizadores, para que as pessoas que trabalham à tarde possam participar.

Os pacifistas reuniram mais de um milhão de pessoas em 15 de fevereiro passado na capital britânica contra a guerra no Iraque. Um mês depois, a guerra foi lançada pela coalizão anglo-americana, em 20 de março.