Manifestação no aniversário da morte de Che acaba em pancadaria na Argentina

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 8 de outubro de 2002 as 22:43, por: cdb

Manifestantes de esquerda lançaram pedras contra a polícia e quebraram vidraças em Buenos Aires, nesta terça-feira, após um ato de homenagem ao guerrilheiro Ernesto Che Guevara. Durante os protestos realizados em frente à embaixada norte-americana, também foi condenado um eventual ataque dos EUA contra o Iraque.
Centenas de pessoas, em sua maioria jovens de tendência marxista e grupos estudantis e sindicais, manifestaram-se no início da noite, no bairro de Palermo.

A manifestação foi uma demonstração do antiamericanismo na Argentina, que alcança o nível mais alto da América Latina, de acordo com pesquisas.

O guerrilheiro Che Guevara foi capturado em 8 de outubro de 1967 e executado pelo Exército da Bolívia, onde liderava uma tentativa de divulgar o socialismo por meio do uso das armas.