Malásia anuncia apoio à convenção da ONU contra corrupção

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 3 de dezembro de 2003 as 11:21, por: cdb

A Malásia dará este mês seu apoio à convenção das Nações Unidas contra a corrupção, aprovada no início de novembro por 130 países na sede da ONU, anunciou nesta quarta-feira, o primeiro-ministro Abdulá Badawi.

O documento tem 71 artigos e regula o comportamento dos Estados em relação a atos de suborno, enriquecimento ilícito, apropriação indevida de fundos e lavagem de dinheiro.

A Malásia diz que irá cooperar com os demais signatários do tratado para implantar suas disposições o mais depressa possível.

Badawi manifestou ainda sua intenção de oferecer aos países do Sudeste Asiático seu Instituto Anticorrupção como centro internacional de combate a essas praticas.

Uma das prioridades do primeiro-ministro malaio é a luta contra a corrupção e a excessiva burocratização da administração do país. O governante declarou que a Malásia está interessada em trocar experiências com os países da região “para discutir, compartilhar e aprender novos métodos e ferramentas de luta contra a corrupção”.