Mais dois turistas europeus desaparecem na Argélia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 11 de abril de 2003 as 16:22, por: cdb

As autoridades argelinas confirmaram nesta sexta-feira, o desaparecimento de outros dois turistas austríacos que viajavam pelo Saara, elevando para 31 o número de desaparecidos desde meados de fevereiro.

O Governo austríaco informou nesta sexta-feira do desaparecimento no Saara argelino de dois de seus compatriotas, dos quais não se têm notícias há mais de uma semana.

O mistério sobre estes desaparecimentos sem precedentes levou o Governo da Argélia a estimar que os turistas podiam ter abandonado o território argelino e encontrar-se em um país vizinho.

No entanto, Alemanha, Áustria e Suíça, cujos cidadãos constituem a maioria dos desaparecidos, pediram às autoridades argelinas que façam todo o possível para localizá-los, pelo que se conclui que, para eles, os turistas continuam no Saara argelino.

Os desaparecimentos ocorreram em um triângulo formado pelas localidades de Uargla, Djanet e Tamanrasset, entre 800 e 1.900 quilômetros ao sul de Argel.

Os desaparecidos são 15 alemães, 10 austríacos, 4 suíços, um holandês e um sueco.

Nenhuma das cinco expedições formadas por estes turistas aceitou a presença de um guia saariano com eles, rejeição criticada por um porta-voz do Ministério de Turismo da Argélia.