Mães amamentam seus bebês em público no Rio e fazem alerta sobre a importância do leite materno

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 28 de agosto de 2011 as 14:43, por: cdb

Thais Leitão
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro – Cerca de 2 mil mães reuniram-se hoje (28) para amamentar, simultaneamente, seus bebês no Aterro do Flamengo, zona sul do Rio de Janeiro. O ato marcou o encerramento da 1ª Semana do Bebê Carioca, promovida pela Secretaria Municipal de Saúde. O objetivo era chamar a atenção da população para a importância da amamentação até os 2 anos de idade, conforme recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS).

A dona de casa Rosângela Rodrigues, de 26 anos, é mãe de dois meninos e contou que fez questão de amamentar os filhos para garantir a saúde deles. Moradora da comunidade da Rocinha, na zona sul do Rio, ela disse que fica feliz em ver os meninos se desenvolverem com saúde. “O mais velho mamou até 1 ano e meio, que foi quando engravidei do mais novo. Só parei por isso, mas quero amamentar o menorzinho até os 2 anos. É muito bom, eles crescem saudáveis e mais fortinhos”, disse.

Rosilene Silva, de 24 anos, também participou da mobilização. Ela é mãe de Gabrielle, de 1 ano e 3 meses, e pretende estender a amamentação até quando for possível. “Enquanto ela quiser mamar e eu tiver leite, vou dar. É um pouquinho cansativo, mas vale a pena. Ela é muito saudável, nunca teve pneumonia, nem bronquite e tenho certeza que o meu leite ajudou”, relatou.

No evento, profissionais orientaram a população sobre os cuidados com a saúde da mulher, do homem, do idoso e da criança.

A Organização Mundial de Saúde e o Ministério da Saúde recomendam o aleitamento materno exclusivo nos seis primeiros meses de vida e orientam as mães para que amamentem a criança por dois anos ou mais, complementando a alimentação com outros alimentos saudáveis. A amamentação reduz o número de mortes infantis e previne doenças tanto nos bebês quanto nas mães.

Edição: Lana Cristina