Mãe morre com tiro supostamente acidental de filho

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 6 de abril de 2003 as 11:46, por: cdb

O adolescente J.P.S., 16 é acusado de ter matado a mãe, a dona-de-casa Lúcia Aparecida da Silva, 36, na noite do último sábado (5), na casa onde moram, na zona sul de São Paulo. O tiro teria sido acidental.

A irmã do adolescente, Flávia, disse à polícia, que J. estava brincando com a arma e chegou a apontá-la para ela e para a mãe. No momento em que mirou a mãe, a arma disparou. Lúcia foi atingida no rosto e morreu.

O rapaz fugiu de casa, na rua Eugênio Guidugli, no Jardim Castro Alves, e levou a arma, um revólver calibre 38.

J. já tinha passagem pela Febem (Fundação Estadual do Bem-Estar do Menor) por assalto e deixou a instituição em janeiro.

Um boletim de ocorrência de homicídio culposo (sem intenção) contra o adolescente foi registrado no 101º DP (Jardim das Embuias).

Policiais ouvirão novas testemunhas para tentar esclarecer se realmente o tiro foi acidental.