Macaé Esporte: volane Wagner é absolvido em julgamento

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 28 de fevereiro de 2012 as 06:17, por: cdb

Foto: Tiago Ferreira

Wagner está liberado para a partida contra o Duque de Caxias

Em julgamento realizado na tarde desta segunda-feira (27), o volante Wagner foi absolvido por unanimidade pelos auditores da Primeira Comissão Disciplinar do TJD/RJ (Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro). O jogador foi expulso na derrota de 2 x 0 do Macaé Esporte para o Nova Iguaçu, pela quarta rodada da Taça Guanabara.

Em defesa ao volante macaense, o advogado Marcelo Mendes apresentou a prova de vídeo e explicou o lance, descaracterizando o que fora descrito pelo árbitro.

– A súmula diz que houve “carrinho por trás, de forma temerária”, o que pôde ser comprovado no vídeo que não aconteceu – explicou.

Ao verificarem que não houve o que foi relatado na súmula, os auditores votaram, de forma unânime, pela absolvição do atleta. Wagner havia sido denunciado no artigo 254 do CBJD, por “praticar jogada violenta”, que prevê suspensão de uma a seis partidas.

Wagner segue liberado para defender o Macaé na primeira partida da equipe na Taça Rio. O Alvianil Praiano enfrenta o Duque de Caxias nesta quinta-feira (1º), às 19h30, no Moacyrzão.

Alexandro no banco dos réus nesta terça – E o Macaé não terá tempo para comemorar a absolvição do volante Wagner. Nesta terça-feira (28), o atacante Alexandro será julgado pela expulsão no jogo contra o Bonsucesso, pela quinta rodada da Taça Guanabara. O jogador foi indiciado no artigo 254 § 1º II do CBJD, por “atuação temerária ou imprudente na disputa da jogada, ainda que sem a intenção de causar dano ao adversário”. A pena é de um a seis jogos de suspensão.