Lula quer que exportadores sejam agressivos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 14 de março de 2003 as 16:29, por: cdb

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva recomendou nesta sexta-feira que os exportadores brasileiros sejam mais agressivos e valorizem suas marcas.

A informação é do presidente Companhia Siderúrgica de Tubarão, José Armando Figueiredo Campos, que participou nesta sexta-feira de reunião do presidente com 38 empresários exportadores, no Palácio do Planalto.

Campos disse que também participaram do encontro os ministros Antonio Palocci (Fazenda), Luiz Fernando Furlan (Desenvolvimento) e Celso Amorim, (Relações exteriores.

Segundo o empresário, o encontro mostrou a importância que o governo dá aos exportadores e às reformas estruturais que, para ele, são necessárias para aumentar as vendas externas.

O empresário ressaltou que seu setor, o do aço, vendeu para o exterior o equivalente a US$ 1 bilhão em 2002.

Também presente à reunião, o presidente da Volvo do Brasil, Peter Karlsten, elogiou a iniciativa do encontro. Segundo ele, foram tratadas questões como financiamento, infra-estrutura e barreiras às exportações.