Lula promete não deixar governo de lado para ajudar Dilma

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 6 de abril de 2010 as 10:54, por: cdb

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva garantiu nesta terça-feira que não vai deixar o governo de lado para se dedicar à campanha da ex-ministra Dilma Rousseff (PT) à Presidência. Lula reiterou que usará apenas os momentos fora de seu horário de trabalho para ajudar na campanha da candidata petista.

– Tenho que governar o Brasil. Isso é minha obrigação. Não posso deixar o governo para fazer campanha. Tenho sábado, domingo e as noites. Vou sempre estar de olho – disse Lula em entrevista à Rádio Tupi, do Rio de Janeiro.

– A boa governança nossa é o melhor cabo eleitoral para um candidato – acrescentou.

Lula voltou a dizer que seu sucessor assumirá o país em um outro patamar devido a ganhos obtidos nas áreas econômica, social, de mercado de trabalho e renda.

Oriente Médio

Apesar das críticas a sua participação nas discussões sobre a criação de um Estado palestino, Lula declarou que decidiu conversar com vários interessados porque, segundo ele, falta uma liderança para resolver o impasse de forma pacífica.

– Está faltando alguém para colocar o guizo no pescoço do gato. É preciso conversar com todo mundo – avaliou.

Segundo Lula, outros temas polêmicos como a imposição de novas sanções ao Irã, acusado por potências ocidentais de buscar a fabricação de armas nucleares, serão debatidos nas próximas reuniões dos Brics e Ibas (Índia, Brasil e África do Sul) previstas para este mês.

– Vou discutir Irã com eles, vou discutir Oriente Médio com eles e, sobretudo, a relação bilateral com esses países – finalizou.