Lula explica afirmações feitas em Vitória sobre o Poder Judiciário

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 23 de abril de 2003 as 18:20, por: cdb

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva explicou nesta quarta-feira que as afirmações feitas na última terça-feira (22), em Vitória, sobre o Poder Judiciário representam conceitos já expressos em ocasiões anteriores nos últimos anos.

Por intermédio do porta-voz da Presidência da República, André Singer, Lula reiterou o respeito pelo Poder Judiciário e por suas decisões, mas lembrou que considera legítima a discussão, tanto sobre a reforma do Poder, quanto do controle externo do Judiciário.

– Firmemente comprometido com o princípio da independência dos Poderes, o presidente reitera seu respeito pelo Poder Judiciário e por suas decisões, mas considera também legítimo o debate sobre a reforma e o controle externo do Judiciário que vem ocorrendo na sociedade -, disse Singer.

Na última terça-feira (22), em cerimônia na área de segurança pública no Espírito Santo, o presidente defendeu o controle externo do Judiciário e criticou a categoria, ao dizer que, em muitos casos, ainda prevalece a frase de Lampião: “Neste país, quem tiver trinta contos de réis não vai para a cadeia”.

Singer lembrou, ainda, que o ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, anunciou recentemente a criação de uma secretaria da reforma do Judiciário para discutir mudanças no Poder.