Lula estreita relação com o esporte

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 10 de setembro de 2004 as 02:08, por: cdb

 O presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, criou uma pasta específica para cuidar do tema do esporte e a produção de leis que, ao menos no papel, prometem  fiscalizar os dirigentes e engordar a conta bancária de atletas.

 A relação do presidente com esporte vem se estreitando com o decorrer do mandato presidencial. O primeiro pacote veio logo em maio de 2003. No dia 15, Lula sancionou as duas primeiras leis de seu mandato, com o objetivo “moralizar o esporte”. A primeira era o projeto de conversão da medida provisória 79.

A segunda era o Estatuto do Torcedor, que determinou uma série de direitos e deveres para quem assiste a um espetáculo esportivo.

Além de criar novos programas, o governo Lula também remodelou antigos. É o caso da Lei Piva, gestada em 2001 para destinar recursos das loterias para os comitês olímpico e paraolímpico.

Ela foi regulamentada no dia 16 de agosto. A responsabilidade dos dirigentes na gestão dos recursos foi ampliada. Passou-se a exigir mais planejamento e transparência dos responsáveis pela aplicação do dinheiro público no esporte.