Lula é o 12º em aprovação na América Latina

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 10 de maio de 2007 as 19:05, por: cdb

O presidente  Luiz Inácio Lula da Silva aparece em 12º lugar no índice de aprovação dos governantes da América Latina, com 49% de apoio da opinião pública, revelou nesta quinta a empresa de pesquisas mexicana Consulta Mitofsky.

Lula compartilha a posição com o governante do Peru, Alan García, que conta com o mesmo percentual de apoio.

Os presidentes do Equador, o esquerdista Rafael Correa, e da Colômbia, o conservador Álvaro Uribe, contam com os maiores níveis de aprovação na região, 76% e 75%, respectivamente. A lista classifica 19 dirigentes (confira abaixo).
 
A lista, que é publicada regularmente, faz uma recompilação de enquetes elaboradas com diferentes metodologias.

O documento mostra que, na média, a América do Sul dá uma maior aprovação a seus governantes, com 54%, em comparação à América do Norte (49%), à América Central e ao Caribe (46%), onde os dirigentes aparecem menos cotados.

Para fazer uma comparação, a Mitofsky apresenta, também, uma lista de seis países europeus, liderada pelo presidente da Rússia, Vladimir Putin, com 73%, seguido pela chanceler da Alemanha, Angela Merkel, com 70% de aprovação.

 A pesquisa reúne dados de enquetes realizadas em cada um dos países citados, nos meses de março e abril de 2007.

Confira a lista:

1. Rafael Correa (Equador) – 76%

2. Álvaro Uribe (Colômbia) – 75%

3. Felipe Calderón (México) – 65%

3. Hugo Chávez (Venezuela) – 65%

4. Evo Morales (Bolívia) – 64%

5. Daniel Ortega (Nicarágua) – 61%

6. Tabaré Vázquez (Uruguai) – 60%

7. Néstor Kirchner (Argentina) – 57%

    Manuel Zelaya (Honduras) – 57%

8. Antonio Saca (El Salvador) – 56%

9. Óscar Arias (Costa Rica) – 55%

10. Nicanor Duarte (Paraguai) – 54%

11. Michelle Bachelet (Chile) – 51%

12. Alan García (Peru) – 49%

      Luiz Inácio Lula da Silva (Brasil) – 49%

13. Stephen Harper (Canadá) – 45%

14. Leonel Fernández (República Dominicana) – 38%

15. George W. Bush (EUA) 36%

16. Martín Torrijos (Panamá) 24%

17. Óscar Berger (Guatemala) 20%