Lula é convidado para os 50 anos da reforma agrária na Bolívia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 28 de abril de 2003 as 19:45, por: cdb

O presidente da Bolívia, Gonzalo Sánchez de Lozada, disse nesta segunda-feira, durante entrevista no Itamaraty, que convidou o presidente Luiz Inácio da Silva para ir à Bolívia em 12 de agosto, para as comemorações dos 50 anos do início da reforma agrária em seu país.

De acordo com Lozada, a ida de Lula à Bolívia será bastante significativa pois, afirmou, ambos dirigem seus países embuídos “em garantir a posse da terra que não é adequadamente utilizada a agricultores que queiram plantar”.

Lozada elogiou também o colega brasileiro “na sua forma de governar, mais ao centro”. Segundo o presidente boliviano, Lula tem agradado a muitos desde as primeiras decisões frente ao governo do Brasil.

– Virei um “lulista” desde janeiro, o primeiro dentro do governo boliviano -, confessou.

Lozada justificou a declaração, afirmando que Lula tem trabalhado arduamente pela democracia “e não para acabar com ela”, angariando com isto muita admiração.