Lula diz que ninguém será feito ministro pelos jornais

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 13 de novembro de 2002 as 21:13, por: cdb

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que ninguém será feito ministro pelos jornais. Lula disse que a indicação dos ministros é de sua responsabilidade e só será feita no momento certo. Se levasse em consideração o que sai nos jornais, acrescentou Lula, já teria “80 ministros”. Ele disse que está mais preocupado em terminar a fase de transição e em receber as demandas de cada estado trazidas pelos governadores.

Segundo o presidente eleito, a inflação é uma preocupação de 175 milhões de brasileiros. “Não queremos que a inflação volte a causar prejuízos ao povo brasileiro. É exatamente por isso que nós estamos, com muita tranqüilidade e muita cautela, tentando dar neste momento de transição a nossa contribuição para não criar nenhum problema que possa impactar a bolsa, o dólar, uma economia fragilizada como a nossa. Estamos fazendo o que temos de fazer”. Lula deu as declarações durante entrevista coletiva, após encontro com o governador reeleito do Mato Grosso do Sul, José Orcírio Miranda dos Santos (Zeca do PT), no antigo comitê de campanha.