Lula diz que medo de mudanças tem atrasado reforma política

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 17 de maio de 2007 as 16:37, por: cdb

Ao participar da reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quinta-feira que a reforma política não sai, por causa do medo de mudanças. Ele convocou os conselheiros a incentivar o Congresso Nacional a discutir o tema.

Lula afirmou ainda que o governo tem vontade política e os parlamentares e partidos políticos têm noção de que a reforma precisa ser feita.Segundo o presidente, a reforma não pode ser discutida apenas em época de eleição ou quando ocorre algum problema no país.

– Todo mundo tem medo de reforma. Os partidos, às vezes, falam a mudança vai me prejudicar, a mudança vai atrapalhar. Todo mundo sofrerá algum problema com uma mudança no começo -, destacou.

Sobre a reforma tributária, Lula garantiu que o governo não colocará nenhum empecilho para a votação da proposta e que ela não pode ser pensada de “forma corporativa”.
 
– Temos que pensar no Brasil -, completou.