Lula diz que investimentos no social cresceram

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 29 de agosto de 2003 as 22:14, por: cdb

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva rebateu as críticas de que o Orçamento de 2004 vai reduzir os recursos na área social e, em especial, do Programa Fome Zero. O porta-voz da Presidência, André Singer, apresentou números que apontam a liberação de verbas previstas para 2004 na área social superiores aos últimos dois anos.

De acordo com Singer, os recursos da área social aumentaram em R$ 7 bilhões para o ano que vem, subindo de R$ 35 bilhões para R$ 42 bilhões. “Em 2002 esse investimento foi de R$ 4,3 bilhões e, em 2001, de apenas R$ 2,6 bilhões. Ou seja, um crescimento da dotação destinada aos programas de transferência de renda no qual o programa Fome Zero está incluído”, enfatizou Singer, ao lembrar que os recursos do Fome Zero estão incluídos nos R$ 5,3 bilhões previstos para a unificação dos programas de transferência de renda.

“O presidente disse que o único meio de aumentar o Orçamento seria elevar a caga tributária. Como o governo não quer aumentar impostos, produziu com os recursos disponíveis um Orçamento realista para que ele não precise ser contingenciado no ano que vem. Mesmo assim, a área social foi tratada como prioridade”, afirmou André Singer.