Lula diz que Bush só pensa em guerra

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 24 de setembro de 2002 as 12:24, por: cdb

Candidato do PT à Presidência , Luiz Inácio Lula da Silva criticou nesta terça-feira, em São Paulo, a política externa dos EUA. Disse que George W. Bush “só pensa em fazer guerra”.

“Os Estados Unidos tem um presidente que, de cada dez palavras que fala, nove são sobre fazer uma guerra. Ele está sempre procurando algum novo adversário”, afirmou o petista em entrevista ao grupo Estado.

Lula também se posicionou de maneira contrária à criação da Alca. “Tal como está sendo proposta pelos EUA, a Alca não é uma proposta de integração, é uma política de anexação, e o nosso país não vai ser anexado”.

Segundo o candidato, nós temos no Brasil “uma classe dominante que tem a mentalidade colonizada, que pensa que basta a agente ser bonzinho para que os outros nos dêem as coisas”.

Ele defendeu uma posição mais agressiva dos brasileiros nas negociações comerciais e políticas com outros países. “Nas negociações comerciais, todo mundo quer ter vantagem. Os EUA é o único país da região que tem estratégia para exportar”.

Lula afirmou que se um país entra de cabeça baixa em uma negociação, pode ser “sufocado”. Segundo ele, um negociador mais forte pode “pisar no pescoço” de outro durante uma disputa comercial.