Lula descarta mudança na economia e critica Fernando Henrique na TV

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 30 de outubro de 2006 as 20:59, por: cdb

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, reeleito com mais de 60% dos votos, afirmou em entrevista ao Jornal Nacional, nesta segunda-feira, que vai manter o superávit primário em 4,25% e que priorizará desenvolvimento com distribuição de renda e educação de qualidade. Ele também criticou o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (1995-2002) e sua política oposicionista e ainda disse que não havia ‘era Palocci’.

Lula afirmou que a orientação sobre a política econômica era dada por ele mesmo e não pelo ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci.

– Nós fazíamos uma política econômica de governo, deliberávamos com vários ministros. Nós hoje podemos crescer, desenvolver mais porque isso é resultado de uma política séria que fizemos no primeiro mandato -, disse o presidente.

O presidente lamentou declarações de Fernando Henrique que previu dificuldades do futuro governo com o Congresso Nacional, sobretudo por não ter uma maioria no Senado, levando em conta os parlamentares eleitos.

– Eu lamento profundamente que um ex-presidente da República, que deveria ter um pensamento muito mais positivo com relação ao Brasil, fique instigando para as coisas não dar certo -, disse.

Lula não mostrou preocupação em conviver com as investigações da Polícia Federal sobre a origem dos R$ 1,7 milhões que seriam usados por petistas para comprar um dossiê contra políticos do PSDB.