Luis Enrique irá permanecer no clube, diz presidente do Barcelona

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 8 de junho de 2015 as 10:56, por: cdb
Técnico do Barcelona, Luis Enrique, festejado pelos jogadores
Técnico do Barcelona, Luis Enrique, festejado pelos jogadores

 

O presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, garantiu que o técnico Luis Enrique vai permanecer para a próxima temporada, apesar de o treinador ter se recusado a se comprometer com o clube após ganhar a tríplice coroa de títulos.

O vitória do Barça por 3 a 1 contra a Juventus na final da Liga dos Campeões significa que o time se tornou o primeiro clube a ganhar a liga e a copa do país e a competição da elite europeia na mesma temporada em duas ocasiões, repetindo o feito de 2009.

Luis Enrique está chegando ao final do primeiro de dois anos em seu contrato, mas ficou claramente infeliz com a demissão do diretor esportivo Andoni Zubizarreta, que o apontou como técnico, em janeiro.

O técnico fugiu de diversas perguntas sobre seu futuro durante entrevista coletiva após a final de sábado da Liga dos Campeões, dizendo que está focado somente em celebrar o título.

A incerteza foi ampliada por uma eleição presidencial ameaçadora, em que um novo chefe no lugar de Bartomeu pode querer trazer seu homem de confiança pra o cargo.

Bartomeu, no entanto, disse nesta segunda-feira a uma rádio espanhola que iria oferecer a Luis Enrique uma extensão de contrato caso seja reeleito. “Não há razão para sofrer, Luis Enrique vai continuar… Sua temporada foi 10 de 10 e não há razão para romper o contrato”, disse Bartomeu.

Gol de Neymar

No sábado, o Barcelona conquistou a Liga dos Campeões da Europa pela quinta vez ao vencer a Juventus por 3 a 1 em final eletrizante no Estádio Olímpico de Berlim, selando uma temporada perfeita com a tríplice coroa.

Com gols de Ivan Rakitic aos quatro minutos, Luis Suárez aos 23 da segunda etapa e Neymar nos acréscimos, o Barça chegou pela segunda vez à trípilice coroa, igualando a façanha de 2009, quando os catalães também conquistaram Liga dos Campeões da Europa, Campeonato Espanhol e Copa do Rei.

– É incrível, um sonho, algo único – disse Suárez à TV espanhola. “Para ganhar essas competições você precisa sofrer, se não, não vale a pena, e tivemos que sofrer para vencer a partida.”

Foi uma noite amarga para a Juvetus, que se tornou o primeiro time na história da competição a perder seis finais, tendo agora também sido derrotada nas últimas quatro que participou.

– Nós acreditávamos que tínhamos uma chance de conseguir esse grande feito, mas não soubemos administrar e o melhor time venceu – disse o goleiro da Juventus, Gianluigi Buffon. “No futebol isso nem sempre acontece, mas desta vez foi o que aconteceu.”

O goleiro de 38 anos voltou a salvar os italianos aos três minutos do segundo tempo, e na sequência a Juve anotou o empate quando não se esperava uma reação da equipe, com o ex-atacante do Real Madrid Alvaro Morato aproveitando rebote.

No entanto, a alegria da Juve durou pouco, já que Lionel Messi avançou, chutou forte e Buffon só conseguiu defender parcialmente, antes que Suárez marcasse um gol quase idêntico ao dos italianos.

Neymar teve um gol anulado depois que sua cabeçada tocou em sua mão estendida, que desviou a bola de Buffon, para frustração do atacante brasileiro.