Lucro do Unibanco bate R$ 3,4 bilhões e supera o do Bradesco

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008 as 10:15, por: cdb

O lucro líquido divulgado pelo Unibanco, nesta quinta-feira, soma no quarto trimestre R$ 827 milhões, com um avanço de 43,6% sobre igual período de 2006, apoiado por ganhos extraordinários e crescimento da carteira de crédito. No ano, o banco teve resultado positivo de R$ 3,448 bilhões, ante R$ 1,75 bilhão em 2006. Em termos recorrentes, que exclui itens extraordinários, o lucro o quarto trimestre somou R$ 715 milhões e do ano R$ 2,6 bilhões.

Entre os eventos não-recorrentes estão ganhos gerados com a oferta de ações da Bovespa Holding e da BM&F, de R$ 382 milhões no quarto trimestre, informou o banco. A carteira de crédito avançou 35,4% no ano, para R$ 61,44 bilhões, com destaque para financiamento para automóveis (alta de 91,6%), cartões de crédito (35,6% de expansão) e pequenas e médias empresas (evolução de 43,4%).

O retorno sobre patrimônio líquido médio anualizado, importante indicador da rentabilidade de um banco, foi de 31,4% no quarto trimestre, incluindo os eventos não recorrentes, ante 25,8% um ano antes. Em relação ao lucro recorrente, o índice foi de 26,8% nos três últimos meses de 2007 ante 25,8% na mesma comparação. O resultado de intermediação financeira após provisão para perdas com créditos atingiu R$ 2,29 bilhões no quarto trimestre, evolução de 17,2% sobre os últimos três meses de 2006.

O Unibanco encerrou 2007 com ativos totais de R$ 149,6 bilhões, crescimento de 44,2% em relação ao ano anterior. Na terça-feira, o Itaú divulgou lucro líquido recorde de quase R$ 8,5 bilhões em 2007, superando os números de seu rival de maior porte, o Bradesco, que em janeiro anunciou ganho anual de R$ 8,01 bilhões.