Lucro da Telefónica chega a US$ 625,45 milhões

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 13 de maio de 2003 as 08:59, por: cdb

A gigante espanhola de telecomunicações Telefónica SA anunciou um lucro líquido de 543,4 milhões de euros (US$ 625,45 milhões) no primeiro trimestre até 31 de março de 2003, em relação ao lucro de 121 milhões de euros em igual período de 2002, época em que a companhia foi afetada pelo default da dívida e desvalorização cambial na Argentina. As vendas caíram 13% para 6,46 bilhões de euros (US$ 7,43 bilhões), de 7,42 bilhões de euros no ano passado.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) registrou queda de 7,4% para 2,82 bilhões de euros (US$ 3,24 bilhões), de 3,04 bilhões de euros em 2002. O resultado do período reflete o impacto da desvalorização cambial na América Latina e a contínua pressão no mercado espanhol, com as operações domésticas de linha fixa enfrentando uma maior concorrência e o tráfego que está se direcionando de linhas fixas para celulares.

O tráfego da Telefónica de España, unidade de linha fixa da empresa, recuou 1,8% no trimestre enquanto as vendas declinaram 1,3% e o Ebitda registrou uma queda de 1,6%. A operação de linha fixa da Telefónica na América Latina registrou um declínio de 34% nas vendas enquanto o Ebitda recuou 35% devido à depreciação cambial. A Telefónica reduziu os investimentos em 37% para 600,9 milhões de euros (US$ 692 milhões) no período, enquanto o fluxo livre de caixa cresceu 6% para 2,22 bilhões de euros (US$ 2,55 bilhões).