Loterias fazem inflação disparar no Rio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 5 de dezembro de 2003 as 09:27, por: cdb

O Índice de Preços ao Consumidor do Rio de Janeiro (IPC-RJ) subiu muito acima da previsão dos técnicos da Fundação Getúlio Vargas. O índice ficou em 1,04% em novembro, quando em outrubro parou em 0,07%. O aumento ocorreu especialmente pela pressão do grupo de despesas diversas, que teve alta de 6,81%. Segundo a FGV, a responsável pelo descontrole foram as loterias, que tiveram aumentos expressivos este mês. A taxa foi divulgada na manhã desta sexta-feira.

Enquanto aumenta a inflação, reduz-se a previsão de crescimento do país. Também na manhã desta sexta-feira, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) reduziu a projeção de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) deste ano de 0,5% para 0,2%, como reflexo do fraco desempenho da economia no terceiro trimestre.

A estimativa é inferior à do Ministério da Fazenda – 0,4% – e a do próprio mercado – 0,31%, segundo uma sondagem semanal do Banco Central. Para 2004, a aposta do Ipea é de uma variação positiva do Produto Interno Bruto de 3,6%, ante estimativa anterior de 3,5% divulgada em setembro, informou o instituto nesta quinta-feira.