Lopes joga contra o Flamengo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 8 de abril de 2003 as 22:27, por: cdb

A expectativa da inscrição do meia Lopes no Campeonato Brasileiro causou tensão nas Laranjeiras na tarde desta terça-feira. Como o regulamento da competição exige que o jogador seja inscrito até 72 horas antes de uma partida para entrar em campo, a diretoria do clube correu contra o tempo para conseguir que o meia tivesse condições de enfrentar o Flamengo, neste domingo.

“Tivemos que buscar a rescisão de contrato do Lopes na Gávea, mandar para São Paulo para a diretoria do Palmeiras, que detém seus direitos federativos, assinar e encaminhar os documentos para a Federação Paulista, que mandou um fax para a CBF. Felizmente tudo deu certo”, disse o supervisor Cacau Barbosa, que por pouco não entrou na lista negra do técnico Renato Gaúcho.

“Se o Lopes não puder jogar no domingo, a culpa será do Cacau ou do Paulo Angione (supervisor do Flamengo). Já tenho meu time na cabeça, só me resta saber se me darão condições de utilizá-lo”, disse o treinador, antes de ter a confirmação da inscrição do jogador, já dando indícios de que ele começará jogando o clássico.

Para Lopes, enfrentar o Flamengo é uma questão de honra. Apesar de dizer que não guarda mágoas do ex-clube, que defendeu apenas durante este Campeonato Carioca, ele admite que se sentiu injustiçado por ter tido poucas oportunidades como titular.

“Me senti injustiçado, mas não quero mais falar de Flamengo, muito menos em vingança. Agora estou no Fluminense, onde fui muito bem recebido e já me sinto adaptado. Quero estrear logo, como iria querer se fosse um outro jogo. Independentemente do adversário, terei a chance de mostrar que ainda tenho um bom futebol”, afirmou o jogador.

Curiosamente, foi num Fla-Flu que Lopes fez sua estréia com a camisa rubro-negra, quando saiu de campo no intervalo, quando o Flamengo já perdia por 3 x 0, placar final da partida. “Tomara que seja assim de novo”, disse Lopes.