Londrina: Operação Verão deixa distritos sem delegados

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 23 de dezembro de 2003 as 08:52, por: cdb

Delegados de Londrina e região estão tendo que se desdobrar para cobrir o desfalque no efetivo da 10 Subdivisão Policial (SDP), já esperado nesta época do ano. O deslocamento de 17 delegados, investigadores e escrivães para o Litoral e o Oeste paranaenses coincidiu com as férias de outros policiais.

Essa combinação deixou dois distritos policiais (DPs) de Londrina sem delegados titulares. Um deles é o 3º DP, na Zona Oeste, que concentra localidades com grande número de ocorrências policiais. O delegado José Ângelo Pelisson, responsável pelo distrito, foi um dos escolhidos para trabalhar nas operações Verão realizada no Litoral do Paraná e Costa Oeste, feita em cidades como Foz do Iguaçu e Guaíra.

Outro delegado deslocado foi Marcelo Sakuma, do 1º DP, que abrange a área central e ficou sob responsabilidade de outro titular, Marcos Belinati. As operações começaram no último dia 18 e seguem até o final de fevereiro.

Segundo o delegado-chefe da 10 SDP, Jurandir Gonçalves André, dos 17 policiais destacados para as operações especiais, 12 são de Londrina. Ele não soube informar as funções de cada um. O efetivo policial da cidade já é, normalmente, deficitário: são 18 delegados, 20 escrivães e 70 investigadores. Apesar disso, André garante que ”os serviços prestados não serão prejudicados em Londrina e região”.