Local ideal para cúpula sobre o Iraque é Base Aérea das Lajes

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 15 de março de 2003 as 14:49, por: cdb

A Base Aérea das Lajes, situada no arquipélago de Açores, é o local ideal para a cúpula do próximo domingo entre o presidente dos EUA, George W. Bush, e os chefes de governo espanhol e britânico, José María Aznar e Tony Blair, respectivamente.

A base funciona como um verdadeiro porta-aviões dos Estados Unidos no Atlântico e está situada num ponto eqüidistante para os líderes que participam desta reunião, que foi classificada como “a última oportunidade” para uma solução pacífica da crise iraquiana.

O arquipélago de Açores, região autônoma de Portugal, é um grupo de ilhas vulcânicas do Atlântico Norte, a 1.200 quilômetros da costa portuguesa, por isso a Cúpula será realizada no território de um país da União Européia.

A Base das Lajes está na ilha Terceira (com aproximadamente 60.000 habitantes) e emprega diretamente cerca de 900 portugueses.

A Região Autônoma das Ilhas Açores recebe anualmente do governo americano 55 milhões de euros pela utilização da base.

A base começou a ser construída por engenheiros militares portugueses em 1934, porém os primeiros estrangeiros que a utilizaram, durante a Segunda Guerra Mundial, foram os ingleses a partir de 1943, que foram substituídos pelos americanos em 1946.

Por suas pistas já passaram milhares de soldados, aviões de carga e caça-bombardeios. Essas forças atuaram no Líbano (1958), no Congo (1961), na Guerra de Yom Kipur (1973) e, mais recentemente, no conflito do Golfo Pérsico (1991).

Nas últimas semanas, a televisão portuguesa mostrou imagens do intenso tráfego de aviões e soldados na base das Lajes, por causa do agravamento da crise iraquiana.

A cúpula deve transcorrer em um ambiente tranqüilo e caso ocorra alguma manifestação contra a guerra deve ser pequena, fora do perímetro da base, por isso os participantes não serão incomodados.

O arquipélago de Açores foi a principal fonte de emigrantes portugueses para os EUA, milhares deles moram na região de New Jersey.

Sua população era de 327.480 habitantes em 1960, e agora é de 241.763, segundo o censo de 2001, o que reflete essa grande emigração.

O arquipélago de Açores é formado por nove ilhas principais (São Miguel, Santa Maria, Terceira, Graciosa, São Jorge, Pico, Faial, Flores e Corvo) e mais uma dúzia de pequenas ilhotas.

O nome de Açores vem da grande quantidade de filhotes de águia que povoavam as ilhas na época de sua descoberta, sendo confundidos com o açor da Península Ibérica. O açor atualmente está incorporado à bandeira do arquipélago.