Lindberg Farias processa SuperVia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 8 de outubro de 2009 as 13:36, por: cdb

A Prefeitura de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense,  vai ingressar na Justiça com uma ação civil pública contra a Supervia, nesta sexta-feira. A decisão foi tomada depois que milhares de usuários foram prejudicados com a suspensão dos trens no ramal de Japeri, na manhã desta quarta-feira. No tumuto que se seguiram aos protestos, um vagão foi incendiada e roletas foram quebradas.

– É inaceitável o serviço que é oferecido aos trabalhadores da Baixada Fluminense e do subúrbio do Rio. Os problemas são freqüentes. Entre outras coisas vamos reivindicar melhorias no atendimento, maior segurança e o acesso para deficiente –, explicou o prefeito de Nova Iguaçu, Lindberg Farias.

O patrulhamento na estação de Nilópolis foi reforçado nesta quinta-feira, 24 horas depois do tumulto que terminou com roletas quebrada, 11 pessoas feridas e dois vagões incendiados. Na estação, há 15 homens da Polícia Militar e mais alguns agentes da civil para evitar problemas de segurança com os passageiros e vandalismo.