Liga de Futebol da Inglaterra adia possível expulsão de Flavio Briatore

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 8 de outubro de 2009 as 13:26, por: cdb

Ex-chefão da Fórmula 1, Flavio Briatore, precisará esperar para saber se continua, ou não, como acionista e dirigente do Queens Park Rangers, time da segunda divisão da Inglaterra. Ele seria julgado nesta quinta-feira pela Football League, que comanda as divisões inferiores do esporte no país, mas a entidade adiou o julgamento.

A Liga de Futebol inglesa, segundo as regras da instituição, prevê que nenhuma pessoa pode ser diretor ou deter ações de um clube caso ela tenha sido excluída de um outro esporte por um órgão governamental – no caso de Briatore, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA), que o puniu pela manipulação do Grande Prêmio de Cingapura de 2008. Nesse caso, o antigo chefe da Renault seria prejudicado porque há dois anos comprou o Queens Park Rangers em uma sociedade com o detentor dos direitos comerciais da Fórmula 1, Bernnie Ecclestone.

Desde que foi banido em 21 de setembro, o italiano viu até o treinador do time, Jim Magilton, clamar por sua saída. De qualquer forma, todos os boatos oriundos da polêmica estão prestes a chegar ao fim.

– Temos uma reunião e isso está na agenda – afirmou o Brian Mawhinney, presidente da Liga de Futebol inglesa, confirmando que o futuro de Briatore na modalidade está por um fio.