Líderes reunem-se com presidente da Câmara para debater segurança pública

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 24 de abril de 2003 as 12:28, por: cdb

O presidente da Câmara, João Paulo Cunha, reúne-se nesta quinta-feira com os líderes partidários para definir os projetos prioritários que serão votados durante a Semana Especial de Segurança Pública, cuja data ainda não foi definida.

Ao chegar à Casa, João Paulo afirmou que os líderes vão indicar as matérias que podem ser votadas mais rapidamente, entre as mais de 200 propostas em tramitação na Câmara sobre segurança pública.

O presidente da Câmara disse também que está empenhado para que as reformas sejam enviadas rapidamente ao Congresso e que tenham também uma tramitação rápida, para evitar uma possível convocação extraordinária. “Caso contrário, será discutido com os líderes uma forma para trabalhar no mês de junho”, afirmou. João Paulo Cunha disse que é preciso aguardar a chegada das reformas para iniciar a discussão sobre o conteúdo delas. “Senão você começa a criticar algo que não existe”, explicou.

O presidente da Câmara enfatizou que o debate será o mais democrático possível e que a opinião dos governadores, com quem o presidente Luis Inácio Lula da Silva, já fechou um acordo sobre a reforma da Previdência, não será imposta ao Legislativo.

– Quando chegar a proposta, eu tenho certeza que as bancadas e os estados vão estudar cada uma das propostas com os olhos voltados para o Brasil. Todo mundo que quiser colaborar nesse sentido, será bem-vindo: governador, ministro, presidente, sociedade civil – avaliou.