Líderes religiosos de Fajulah pedem retirada de tropas americanas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 30 de abril de 2003 as 10:53, por: cdb

Líderes religiosos de Falujah (oeste de Bagdá), onde três pessoas morreram esta quarta-feira e outras 13 na segunda-feira passada nas mãos de soldados americanos, pediram às forças dos Estados Unidos que se retirem da cidade.

– Pedimos que se retirem pelo menos para fora do limite da cidade porque eles têm má influência sobre nossos habitantes – afirmou o xeque Waga Ali al Mohamadi, o chefe religioso de Falujah.

– Falujah é conhecida como um dos centros do Islã. Para nós, a religião é importante, a honra e a terra também. Achamos que a situação vai de mau a pior – acrescentou.

Abdel Hamid Jadu, líder que também participou no encontro, afirmou:

– Até agora optamos pela via diplomática, mas sabemos que isso continuar assim será difícil conter a população.

Falujah, 60 km a oeste de Bagdá, está dominada desde a queda do regime de Saddam Hussein por religiosos sunitas radicais.