Líder do Talebã diz que terrorismo não vai acabar

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 24 de setembro de 2001 as 17:00, por: cdb

O líder do Talebã, mulá Mohammed Omar, disse que os Estados Unidos devem retirar suas tropas do Oriente Médio e deixar de apoiar Israel se querem realmente eliminar a ameaça do terrorismo.

Em uma declaração divulgada pela agência afegã Islamic Press, o mulá advertiu que os EUA só vão prejudicar a si mesmos se interferirem no Afeganistão.

O líder da milícia que controla 90% do Afeganistão disse ainda que é um engano do governo americano pensar que pode resolver a crise gerada pelos atentados do dia 11 de setembro matando a ele ou ao dissidente saudita Osama bin Laden. Bin Laden é tido nos EUA como o principal suspeito pelos ataques.

Horas antes das declarações do mulá, a agência de notícias afegã publicara que o Talebã ameaçou entrar em guerra com o Uzbequistão caso o governo do país vizinho decidisse apoiar as ações do governo americano na região. O Uzbequistão declarou estar consciente da ameaça mas negou ter recebido um aviso formal do Talebã.