Líbano prende 20 suspeitos de planejar ataque terrorista

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 15 de maio de 2003 as 09:28, por: cdb

Um planejado ataque com foguetes à embaixada dos Estados Unidos no Líbano foi frustrado pelas autoridades libanesas, que detiveram nove suspeitos de terrorismo – libaneses e palestinos – informaram nesta quinta-feira fontes familiarizadas com as investigações.

Pouco antes, o comando do Exército libanês havia afirmado, em comunicado oficial, que tinha sido desmantelada uma rede terrorista que planejava atacar a embaixada de um importante país ocidental.

A rede terrorista é também suspeita de conspirar para realizar ataques no norte do país e no vale do Bekaa, no leste, além de planejar o seqüestro de membros do Parlamento e de ministros libaneses.

Seu objetivo, segundo as fontes, seria negociar a libertação de 20 pessoas detidas há três anos depois de um intenso tiroteio no norte do país.

O desmantelamento do grupo foi o resultado de uma coordenação entre os serviços de informações militares do Líbano e da Síria, disseram autoridades.

A notícia surgiu 12 dias depois de uma visita que o secretário de Estado norte-americano, Colin Powell, realizou ao país, onde manteve com o presidente Emile Lahoud e o primeiro-ministro Rafik Hariri conversações sobre o Iraque, o conflito israelense-palestino e a luta contra o terrorismo.