Léo pode trocar o Santos pela Espanha

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 27 de novembro de 2003 as 20:42, por: cdb

No dia 31 de dezembro se encerra o contrato do lateral-esquerdo Léo com o Santos. No entanto, a definição sobre a permanência ou a saída do jogador já começa a ser decidida.

O empresário de Léo viaja ainda nesta semana para a Espanha para ouvir a proposta de um clube da primeira divisão do país. Em paralelo, o jogador, que é dono do próprio passe, segue em negociações com o Santos para fechar uma possível renovação contratual.

No entanto, para ficar na Vila Belmiro, Léo impõe nas entrelinhas duas condições: que o presidente Marcelo Teixeira consiga a reeleição no clube e que um reajuste salarial lhe seja oferecido.

“Sou um jogador de 28 anos e está na hora de fazer meu pé-de-meia. Tenho interesse em ficar no Santos, gosto do clube, mas preciso ter meu trabalho reconhecido. Mas, se aparecer algo melhor de fora, talvez eu decida sair. meu empresário vai para a Espanha escutar uma porposta. vamos ver”, afirmou Léo em entrevista à rádio Jovem Pan, sem revelar qual time espanhol pode ser sua nova casa.

Léo tem um dos salários mais altos do elenco santista na atualidade. Estima-se que o lateral receba algo em torno de R$ 70 mil, que foi o teto salarial estipulado pela direção do clube no começo do ano. No futebol europeu, o jogador provavelmente teria condições de ganharbem mais.

Além de ser um dos principais jogadores do time titular do Santos e um dos líderes da equipe, Léo também vai acumulando um papel de destaque na polírica do clube. De repente,a renovação de contrato do jogador entrou na pauta da disputa pela presidência do clube.

O lateral, que ao lado do técnico Emerson Leão faz campanha aberta pela candidatura do atual presidente Marcelo Teixeira, teve declarações usadas por representantes do grupo de oposição.

“Interpretaram mal minhas declarações. O pessoal da oposição falou que eu estava insatisfeito com o presidente, insatisfeito com minha situação no clube. Não tem nada disso. Não quero entrar nessa disputa como um boneco”, reclamou o jogador.

As eleições do Santos acontecem no próximo dia 6 de dezembro. Espera-se que a situação possa viabilizar na Justiça nos próximos dias uma alteração no estatuto do clube, que permita que Marcelo Teixeira concorra ao terceiro mandato consecutivo. Com amplo domínio do conselho deliberativo do clube e do quadro de sócios, a reeleição do atual presidente é mais do que provável.