Larry Jackson é executado com injeão letal nos EUA por matar a noiva

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 18 de abril de 2003 as 11:54, por: cdb

Um homem de 40 anos, que em 1994 assassinou com 30 facadas sua noiva de 29, foi condenado pelo crime à pena capital e executado nesta quinta-feira, na prisão da cidade de Oklahoma, nos Estados Unidos.

Larry Kenneth Jackson foi declarado morto pouco depois das 18 horas (hora local) da quinta-feira. Antes de receber uma injeção letal, Jackson pediu perdão à mãe da vítima, Windy Cake, a quem matou em um motel de Oklahoma, depois de sair de um programa de trabalho da prisão onde cumpria outra pena de 30 anos de prisão por um homicídio anterior.