Kofi Annan lamenta morte de embaixador do Papa

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 30 de dezembro de 2003 as 00:04, por: cdb

O secretário-geral das Nações Unidas, Kofi Annan, lamentou nesta segunda-feira a morte do embaixador apostólico do Papa no Burundi, monsenhor Michael Courtney, assassinado em uma emboscada. “O secretário-geral ficou profundamente abalado e entristecido quando soube da trágica morte do monsenhor Courtney”, declarou Fred Eckhard, porta-voz de Annan.

O Exército de Burundi atribuiu o atentado, na estrada que fica perto da aldeia de Minago (40 km ao sul da capital), aos rebeldes das Forças Nacionais de Libertação (FNL). As FNL, último movimento rebelde hutu em guerra, negaram a acusação, atribuindo o ataque ao Exército regular.