Kerry e Bush retomam campanhas com fôlego

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 2 de outubro de 2004 as 10:27, por: cdb

O candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, John Kerry, e o republicano e presidente americano, George W. Bush, retomaram com força a campanha eleitoral após o primeiro debate e a apenas um mês das eleições de 2 de novembro.

O debate televisionado da última quinta-feira na Universidade de Miami foi assistido por 62,5 milhões de americanos em todo o país, de acordo com a Nielsen Media Research. O embate marcou o começou da reta final na corrida à Casa Branca.

O número de telespectadores superou em mais de 16 milhões a audiência do primeiro debate da eleição passada, há quatro anos, entre George W. Bush e o então vice-presidente, Al Gore. Também foi o mais visto desde o debate entre Bill Clinton e o então presidente George Bush em 1992, segundo a empresa.

Na sexta-feira, a atividade de campanha dos dois candidatos centrou-se na questão do Iraque e na campanha contra o terrorismo, assuntos que haviam dominado o debate do dia anterior.

Pesquisas realizadas logo após o debate de quinta-feira mostraram que Kerry saiu-se melhor. Os dois candidatos voltam a se enfrentar em debates programados para os próximos dias 8 e 13 de outubro.

Analistas políticos prevêem uma agenda mais agressiva dos dois candidatos para a fase final da campanha eleitoral. Kerry deve centrar suas críticas na perda de dois milhões de postos de trabalho e no aumento do déficit público ao longo dos quatro anos do governo Bush. O candidato democrata também deve continuar atacando as falhas na guerra no Iraque e outros aspectos negativos da política externa da Casa Branca.

Bush deve continuar a explorar o que chama de inconstância na postura de Kerry nos assuntos domésticos e internacionais.