Juventude se liga em tirar o título de eleitor em Teresina

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 4 de abril de 2012 as 14:02, por: cdb

 Fruto da luta da juventude, o voto aos 16 anos hoje é uma realidade para àqueles que querem contribuir com a política do nosso país.
Ismael Oliveira

Se liga 16! Juventude na mobilização.

O coletivo de estudantes secundaristas da União da Juventude Socialista no Piauí – UJS-PI e o coletivo da União Brasileira de Estudantes Secundaristas – UBES, estão na mobilização da juventude pela campanha “Se liga 16!”, as atividades são uma grande mobilização para incentivar os jovens entre 16 e 18 anos a obter o título de eleitor e votar conscientemente como forma de participar do processo de escolha de nossos representantes.

A organização da campanha está com a agenda programada para realizar a campanha em diversas escolas particulares e públicas. De acordo com a Diretora de Movimento Secundarista da UJS-PI, Lenna Roberta “a campanha está sendo bem aceita pela juventude, muitos estudantes estão solicitando seus títulos pela internet durante as mobilizações, isso comprova que a juventude está interessada em mudar o rumo da cidade, elegendo novos representantes”.

Fruto da luta da juventude, o voto aos 16 anos hoje é uma realidade para àqueles que querem contribuir com a política do nosso país. A campanha é uma marca da UJS em períodos que antecedem as eleições. Essa foi a principal motivação que fez da UJS a organização juvenil que mais influenciou – dentro da Assembleia Nacional Constituinte, em 1988 – na criação da lei que permite o voto facultativo a partir dos 16 anos.

Os jovens que podem tirar seu título de eleitor até o dia 9 de maio. O procedimento pode ser realizado pela internet, através do site do Tribunal Superior Eleitoral (www.tse.gov.br), e o documento retirado no cartório eleitoral. Com a internet o voto aos 16 ganhou um importante aliado. A UJS do Piauí pretende invadir as escolas e convencer os diretores a disponibilizarem computadores com acesso à rede, para incentivar a juventude a participar desta próxima eleição, que será a maior da nossa história.