Juventude perde mas continua na liderança

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 25 de setembro de 2002 as 23:00, por: cdb

O Corinthians acabou com a invencibilidade do Juventude em Caxias do Sul. Nesta quarta-feira, o time paulista venceu por 1 x 0, graças a um gol contra de Renato, e alcançou o rival gaúcho na primeira posição do Campeonato Brasileiro. Agora, dois dois times lideram com 26 pontos, porém o Juventude tem melhor saldo de gols.

O Atlético-MG venceu o São Paulo por 2 x 1, no Morumbi, e assumiu o terceiro lugar com 24 pontos. Julio Batista desviou mal chute de Mancine e fez contra o primeiro gol do time mineiro. Paulinho ampliou aos 39min do segundo tempo.

O próprio Julio Batista diminuiu para o Tricolor paulista, que não teve forças para chegar ao empate. Esta foi a quinta derrota do São Paulo neste Brasileiro, resultado que tirou o time paulista do grupo dos oito primeiros.

O Azulão, que tem uma partida a menos, foi a Salvador e empatou por 2 x 2 com o Vitória. Adhemar e Wagner marcaram para os paulistas, enquanto Alecsandro e Nadson fizeram os gols do time baiano. O São Caetano é o quinto colocado, com 22 pontos.

No Maracanã, o Atlético-PR quebrou o jejum de cinco rodadas sem vitória ao derrotar o Fluminense, sem Romário, por 1 x 0. O gol do atual campeão brasileiro foi marcado por Adriano. Com o resultado, o Furacão se mantém entre os oito primeiros, somando 22 pontos.

Outro que subiu na tabela foi o Guarani, que venceu o Paraná por 2 x 1, em Curitiba. O herói da vitória bugrina foi o atacante Sérgio Alves, autor dos dois gols do time campineiro. O Guarani foi a 22 pontos e estaria classificado se a primeira fase terminasse hoje.

O outro clube de Campinas no Brasileiro também se deu bem nesta quarta. Jogando em casa, a Ponte Preta venceu o Figueirense por 3 x 2, chegou a 17 pontos e se afastou da zona de rebaixamento. Já o time catarinense, com apenas 14 pontos, complicou sua situação na tabela.

Em Porto Alegre, o Inter derrotou o Bahia por 1 x 0, com gol de Mahicon Librelato. Agora, o Inter tem 19 pontos ganhos e volta à briga pela classificação. O time baiano segue com 14 pontos, ameaçado de rebaixamento.