Juvenil Alves é denunciado pela PGR

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 19 de dezembro de 2007 as 17:54, por: cdb

A Procuradoria-Geral da República denunciou o deputado federal Juvenil Alves (PRTB-MG) por crimes relacionados à Operação Castelhana, que investigou um suposto esquema de ‘blindagem patrimonial’.

Juvenil Alves, que chegou a ser preso no ano passado na operação, é investigado em um inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) que tramita sob segredo de Justiça. A assessoria da procuradoria confirmou que a denúncia foi enviada ao STF na terça-feira , mas não informou o teor das acusações.

O advogado Leonardo Isaac Yarochewsky, que defende o parlamentar, negou a existência do esquema ao dizer que “existem na legislação formas legais de se pagar menos tributo, dentro de um planejamento tributário. As medidas que o deputado, como advogado, e seu escritório tomaram, foram medidas legais no sentido de preservação lícita do patrimônio de empresários, dentro da forma legal de pagar menos imposto”.

— Não houve lavagem de dinheiro. Hoje em dia virou uma mania nacional, “moda”, denunciar todo mundo por lavagem. Para caracterizar isso, são necessários alguns crimes precedentes —, acrescentou o advogado, informando que ainda não sabe de quais crimes o deputado está sendo acusado.