Justiça interdita La Bombonera após violência em estádio na Argentina

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 15 de maio de 2015 as 12:04, por: cdb
A agressão ocorreu no início do segundo tempo, no momento em que os jogadores do River entravam no estádio La Bombonera
A agressão ocorreu no início do segundo tempo, no momento em que os jogadores do River entravam no estádio La Bombonera

 

O Estádio do Club Atlético Boca Juniors, popularizado como La Bombonera, foi interditado após os episódios de violência registrados na noite desta quinta-feira durante as oitavas de final da Copa Libertadores da América. A informação foi confirmada pelo procurador-geral da cidade de Buenos Aires, Martín Ocampo.

O jogo entre dois históricos rivais do futebol argentino, Boca Junior e River Plate, foi suspenso depois que torcedores agrediram jogadores com gás de pimenta. A agressão ocorreu no início do segundo tempo, no momento em que os atletas do River Plate entravam no Estádio La Bombonera.

Em declarações à imprensa, o procurador-geral disse ainda que as camisetas dos jogadores Leonardo Ponzio, Leonel Vangioni, Ramiro Funes Mori e Matías Kranevitter, do River Plate, foram recolhidas no intuito de buscar vestígios de gás de pimenta.

Partida da Libertadores é suspensa

A agressão ocorreu no início do segundo tempo, no momento em que os jogadores do River entravam no estádio La Bombonera, do Boca Juniors. Um grupo de barra bravas (torcida organizada e violenta) do Boca conseguiu perfurar o túnel de plástico, que deveria proteger os atletas na hora em que entram em campo, e jogou gás de pimenta no rostos e corpos de alguns jogadores.

O primeiro tempo tinha terminado 0 a 0, mas o jogo, que definiria quem jogaria contra o Cruzeiro nas quartas de final, foi suspenso, depois de uma hora de deliberações. O médico do River disse que os atletas não podiam jogar porque estavam com os olhos irritados, com queimaduras na pele e vomitando. No final da noite, não havia decisão sobre quando e como Boca e River voltarão a se enfrentar.