Justiça determina retirada de vídeo do programa de Castelo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 23 de outubro de 2012 as 14:35, por: cdb

 A juíza Luzia Nepomuceno, titular da 3ª Zona Eleitoral de São Luís, concedeu no início desta noite (22) uma liminar que determina a retirada imediata de um vídeo divulgado na internet onde aparecem policiais militares em reunião com o candidato Edivaldo Holanda Júnior (PTC).

João Castelo, prefeito de São Luís

O vídeo foi utilizado na propaganda eleitoral do candidato da coligação “Pra Fazer Muito Mais”, do prefeito João Castelo (PSDB), que passou todo seu tempo de televisão veiculando as imagens, nitidamente montadas, para proferir novos ataques ao seu oponente, acusando os militares de estarem organizando uma “milícia” para atuar na capital em favor de Edivaldo.

Em atendimento ao pedido da coligação “Muda São Luís”, a magistrada Nepomuceno decidiu pela retirada imediata do vídeo tanto da propaganda de Castelo quando do site Youtube, onde as imagens estavam alocadas.

A juíza afirmou que sua decisão visou “garantir a segurança do processo eleitoral”, uma vez que, segundo os advogados da coligação impetrante (Muda São Luís) a legislação eleitoral proíbe que vídeos sem autoria definida e com montagens explícitas e grosseiras possam ser exibidos no horário eleitoral gratuito.

Na noite desta segunda-feira, o vídeo ainda pôde ser assistido na propaganda de João Castelo, ocupando todo o seu tempo de propaganda eleitoral, uma prova típica e incontestável de que, em se tratando da luta desesperada pela manutenção do poder, o atual prefeito tenta de todas as formas vis e difamatórias confundir a cabeça do eleitorado ludovicense e denegrir a imagem de seu adversário, no afã inescrupuloso de reverter o quadro situacional apontado por todas as pesquisas feitas até agora: derrota do tucano.

Fonte: Blog do Hugo Freitas