Justiça dá a liberação final para Maradona voltar à Cuba

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 14 de setembro de 2004 as 14:41, por: cdb
Atualizado em 13/11/16 13:01

O craque Diego Maradona, de 43 anos, recebeu nesta terça-feira a autorização para poder retornar para Cuba, onde pretende continuar seu tratamento contra a dependência de cocaína. Com isso, o Tribunal da Família de Morón confirmou a liberação do ex-atleta para deixar o país.

De acordo com o advogado do jogador Héctor Leguizamón, a clínica psiquiátrica Del Parque, onde Maradona permanece internado desde maio passado, já foi informada da liberação.

Ainda segundo Leguizamón, a viagem depende agora do estado de saúde de Maradona e de fatores climáticos que afetam a região do Caribe devido ao furacão Iván – o aeroporto de Havana está fechado pelo menos até quarta.

No último final de semana, Maradona voltou a ser internado às pressas em Buenos Aires com febre alta e aumento da pressão arterial devido a problemas pulmonares.

 

Leia Mais:

Maradona terá que permanecer na Argentina por quatro dias

Com hipertensão, Maradona volta a hospital