Justiça concede guarda de Chicão a Eugênia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 9 de janeiro de 2002 as 00:47, por: cdb

O juiz Leonardo Castro Gomes, da 1ª Vara da Infância e da Juventude, decidiu entregar a guarda provisória de Francisco Ribeiro Eller, o Chicão, filho de Cássia Eller, a Maria Eugênia Vieira Martins, companheira da cantora nos últimos 14 anos. A decisão foi confirmada pelo assessor de Imprensa do Fórum, Maurício Menezes. É a primeira vez que uma mulher consegue na Justiça a tutela provisória do filho de sua companheira.

O juiz acatou, em decisão liminar, o pedido de tutela impetrado pelo advogado de Eugênia, Marcos Campuzano. Ela e Chicão estão em Brasília. Caso o parecer seja mantido pela Justiça, Eugênia terá a guarda de Francisco até ele completar 21 anos e será a tutora dos bens que o menino vier a herdar.

A percussionista Lan Lan, que passou o dia da véspera da morte de Cássia Eller com a cantora, dirá, no depoimento que deve prestar à polícia na quinta-feira, que a cantora pode ter consumido cocaína pois viu uma secreção branca no nariz dela. A percussionista lembrará, no entanto, que Cássia negou várias vezes ter feito uso de entorpecentes, quando foi levada por ela para o hospital, onde morreu.