Juiz revoga prisão temporária de 9 sindicalistas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 9 de julho de 2003 as 04:47, por: cdb

O juiz Toru Yamamoto, da 3ª Vara Criminal Federal de São Paulo, revogou a prisão preventiva de nove membros do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus da capital nesta madrugada de quarta-feira.

Sobre os beneficiados pelo alvará de soltura pesam acusações de crimes de desordem e desobediência. O presidente afastado do sindicato, Edivaldo Santiago, permanece na Polícia Federal à disposição da Justiça.

Outro membro do sindicato também continua preso em Guarulhos, na Grande São Paulo. Os dois não foram libertados porque são investigados por homicídio.