Jucá prevê aprovação da reforma tributária até o dia 15 de dezembro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 12 de novembro de 2003 as 11:37, por: cdb

O senador Romero Jucá (PMDB-RR), relator da reforma tributária, disse nesta terça-feira, que a proposta deverá estar aprovada até 15 de dezembro em dois turnos e informou que a matéria será lida no Plenário nesta quarta-feira. Depois da leitura, a reforma será publicada no Diário do Senado e durante cinco dias úteis será debatida em Plenário, até a votação em primeiro turno.

Jucá disse desconhecer a possibilidade de o governo federal dispor de R$ 500 milhões para aplicação no Fundo de Desenvolvimento Regional no ano que vem, segundo informações atribuídas ao ministro da Fazenda, Antonio Palocci.

– O que está definido é que o Fundo de Desenvolvimento Regional terá R$ 1 bilhão para repasse aos governadores dos estados mais pobres, mais Minas Gerais e Rio de Janeiro, em 2005. Desconheço qualquer verba para o ano que vem, porque a própria Comissão de Orçamento terá que achar meios de cobrir um rombo de R$ 11 bilhões – disse Jucá.

O senador informou ainda que está mantida a unificação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) em cinco alíquotas a partir de 2005 – em 2004, uma lei complementar vai estabelecer as alíquotas.

– É evidente que tudo é negociável, mas por enquanto prevalece o entendimento de que essa é a melhor solução. Reforma tributária não é para beneficiar governadores, mas a sociedade como um todo – afirmou.