Jovem palestino morre na Cisjordânia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 4 de março de 2003 as 15:40, por: cdb

Tropas israelenses mataram nesta terça-feira um palestino de 18 anos e feriram um suposto militante durante um tiroteio em um cybercafé na Cisjordânia. Dois policiais israelenses ficaram feridos. Também nesta terça-feira, um beduíno de 75 anos foi morto por soldados israelenses em uma área próxima ao assentamento judeu de Netzarim, na Faixa de Gaza, informaram fontes palestinas. A vítima vivia a cerca de 500 metros da colônia e regressava à sua casa quando foi morta a tiros. Os militares israelenses não comentaram o fato.

O incidente no cybercafé começou quando policiais fronteiriços israelenses cercaram o local em busca do fugitivo. O cybercafé fica na cidade de Jenin, na Cisjordânia. De acordo com fontes palestinas, o homem buscado, que estava no café, disparou contra os soldados e feriu dois deles, ao mesmo tempo em que outras pessoas jogavam pedras e outros objetos. O fugitivo foi ferido e detido. O Exército informou que matou um palestino de 18 anos, acusado de ter lançado uma bomba incendiária contra as tropas.

Segundo os militares israelenses, sete palestino procurados foram detidos durante a operação. Ontem, Israel intensificou sua ofensiva contra o Hamas com a detenção de um líder político deste grupo islâmico armado durante uma operação em um acampamento de refugiados em Gaza, na qual oito palestinos morreram. “Israel pagará um preço elevado por seus crimes”, advertiu o porta-voz do Hamas, Abdel Aziz Rantisi.