José Carlos Gratz se entrega à polícia em Vitória

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 12 de setembro de 2003 as 11:38, por: cdb

O ex-presidente da Assembléia Legislativa do Espírito Santo, José Carlos Gratz, se entregou à polícia de Vitória na madrugada desta sexta-feira . A prisão foi decretada pela Justiça a pedido do Grupo de Repressão ao Crime Organizado do Ministério Público Estadual. Gratz é acusado de participar de participar das irregularidades de um bingo que fraudava resultados e usava dinheiro público desviado do Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes) e do Instituto Estadual de Saúde Pública (IESP).

De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública do Estado, Gratz desembarcou no aeroporto de Vitória por volta da 0h45 e, após, encaminhado para a delegacia da Praia do Canto. O ex-presidente da Assembléia Legislativa, que estava em São Paulo, chegou num vôo fretado e se entregou no aeroporto de Vitória à meia noite e meia. Ele está preso na delegacia da Praia do Canto, na capital.

No início do ano, Gratz ficou 117 dias preso na carceragem da Polícia Federal por ordem da Justiça Federal, acusado de participar em outras irregularidades. Ele é acusado de comandar um esquema fraudulento que garantiu sua reeleição para a Assembléia Legislativa em 2002.