Jornalistas são mortos em transmissão ao vivo nos EUA

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 26 de agosto de 2015 as 12:28, por: cdb

Por Redação, com agências internacionais – de Nova York:

Dois jornalistas de TV foram mortos a tiros nesta quarta-feira na Virgínia, enquanto conduziam uma entrevista ao vivo, informou a estação.

O incidente ocorreu durante uma transmissão ao vivo no condado de Bedford, quando tiros foram ouvidos, fazendo com que o repórter e sua fonte gritassem e se agachassem para se proteger.

Dois jornalistas de TV foram mortos a tiros nesta quarta-feira na Virgínia, enquanto conduziam uma entrevista ao vivo
Dois jornalistas de TV foram mortos a tiros nesta quarta-feira na Virgínia, enquanto conduziam uma entrevista ao vivo

A estação, WDBJ7, em Roanoke, na Virgínia, informou que a repórter Alison Parker, de 24 anos, e o câmera Adam Ward, de 27 anos, morreram no incidente.

Alison e Ward estavam filmando um segmento especial para o programa matinal de notícias no Bridgewater Plaza, um shopping e praça de recreação.

O motivo do ataque está sendo investigado, segundo informações do jornal O Globo, o suspeito é um ex-repórter Vester Lee Flanagan (que se apresentava como Bryce Williams), vestido com roupas escuras brevemente foi flagrado na transmissão e fugiu. Ele seria um ex-funcionário da empresa, segundo o governador Terry McAuliffe.

– Não sabemos o motivo, não sabemos quem é o assassino – disse no ar o diretor-geral da estação, Jeff Marks

A polícia de Nova York anunciou um aumento no reforço à segurança de estações de televisão da cidade. A iniciativa foi tomada com base em medidas de padrão antiterrorismo.