John Snow: ‘queda do dólar pode ser positiva para as exportações’

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 12 de maio de 2003 as 13:34, por: cdb

O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, John Snow, quebrou uma longa tradição de apoio a um dólar forte, indicando que o incentivo às exportações devido a uma moeda mais fraca pode ser uma mudança positiva.

Na noite de domingo, Snow havia dito ao canal de TV a cabo Fox News que o governo acreditava em um dólar forte, ressaltando que isso seria obtido com bons fundamentos econômicos, que permitiriam o corte de impostos defendido pelo governo.

No entanto, em uma segunda aparição, no canal de TV ABC News, Snow fez um comentário bem diferente. – Quando o dólar está num nível mais baixo, isso ajuda as exportações, e eu acho que as exportações estão se fortalecendo em decorrência disso.

– Snow fez comentários diferentes sobre o dólar, mas o mercado avaliou que a declaração importante foi a que tratou das exportações, porque pareceu mais honesta – disse Takashi Toyahara, especialista da seção de câmbio da corretora Nomura Securities.

Os mercados asiático e europeu receberam a mensagem, o que resultou na valorização do iene japonês e do euro diante do dólar.

No mercado de Tóquio, um dólar comprava 116,82 ienes por volta das 3h45 (horário de Brasília), o que significa uma alta de 0,35% para a moeda japonesa.

Na Europa, o euro subiu 0,7% de um dia para o outro, passando a comprar US$ 1,15. Os ganhos do euro fazem com que a queda do dólar diante da moeda da União Européia desde o início do ano chegue a 12%.