JF vai ganhar duas praças para ações esportivas e culturais

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 2 de junho de 2011 as 16:55, por: cdb

Aline Furtado
Repórter

Juiz de Fora irá ganhar, até o ano de 2014, duas praças, que serão construídas em terrenos de 7 mil m². Os espaços deverão abrigar atividades esportivas e culturais e serão construídos com recursos destinados por meio da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), do governo federal.

O município foi contemplado com os dois pontos após participar da seleção do programa Praça dos Esportes e da Cultura (PEC), após inscrever três propostas.

Uma das praças será construída na rua Professora Noêmia Mendonça, no Teixeiras, e a outra, na rua Custódio Alves Mattos, no bairro Vila Esperança II. Em ambos os casos, serão construídas edificações multiuso, que irá abrigar cineteatro de 120 lugares, telecentro, biblioteca, salas multiuso, Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e vestiários. O projeto contempla, ainda, a construção de quadra de areia, pista de skate, jogos de mesa, espaço criança, quadra coberta poliesportiva, espaço para a terceira idade, anfiteatro, equipamentos de
ginástica, kit básico esportivo e pista de caminhada.

Insegurança e abandono mobilizam Legislativo a cobrar definição de plano de gestão das praças de JF

As edificações fazem parte do modelo III do PEC, que prevê investimento de até R$ 3,3 milhões por Estado, e é direcionado a municípios com população igual ou superior a 400 mil habitantes. Os recursos são oriundos do Orçamento Geral da União (OGU). Entre os critérios considerados durante a seleção das cidades estavam áreas com maior déficit de equipamentos culturais, esportivos e CRAS; terrenos localizados em locais com maior atendimento à população de baixa renda, a maior densidade populacional na área; entre outros.

O próximo passo diz respeito à Prefeitura preencher, até o dia 15 de julho, o Planode Gestão das PEC e encaminhá-lo ao Ministério da Cultura (MinC). Até o dia16 de setembro, será necessário entregar os projetos de engenharia à Caixa Econômica Federal, que será o agente financeirooperador dos financiamentos. A partir da data, o contrato de operação poderá ser assinado em até 60 dias. Já o início das obras ocorrerá em até 180 após a contratação do serviço, que tem prazo limite paracomeçar até o mês de junho de 2012.

Ubá ganha uma praça

O município de Ubá, localizado a 91 quilômetros de Juiz de Fora, foi contemplado com a construção de uma praça. Com isso, Juiz de Fora e Ubá foram os dois únicos municípios da Zona da Mata selecionados entre os 103 de todo o Estado. Ubá foi contemplada com o modelo II, destinado a áreas com 3 mil m², que prevê a construção de duas edificações multiuso, com cinemateatro/auditório de 60 lugares, telecentro, biblioteca, salas multiuso e CRAS.

Além disso, estão previstas construções de pista de skate, jogos de mesa, espaço para crianças, quadra coberta, equipamentos de ginástica, kit básico esportivo e pista de caminhada. A previsão é que sejam destinados à modalidade II até R$ 1,9 milhão, recursos que serão divididos entre as cidades contempladas de todo o Estado.

Ao todo, serão 800 praças de esportes e cultura construídas em todo o Brasil até 2014, com áreas que podem variar entre 700 m², 3 mil m² e 7 mil m².