Jennifer Connelly em busca de uma comédia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 24 de dezembro de 2003 as 13:11, por: cdb

“Jesus, acho que preciso de uma comédia”, exclamou a atriz super-séria e vencedora do Oscar Jennifer Connelly. Estrela do novo filme, o drama  House of Sand and Fog , que estréia nos Estados Unidos na sexta-feira, passou a integrar o primeiro time das atrizes de Hollywood nos últimos anos depois de uma série de filmes explorando temas sérios.

Connelly, 33, já foi a colega de um atormentado cientista em Hulk, mulher de um gênio da matemática esquizofrênico em Uma mente brilhante, filme pelo qual ganhou o Oscar, amante de um pintor sofredor em Pollock e a namorada viciada de um junkie em Réquiem para um Sonho.

As coisas não ficam muito mais alegres em House of Sand and Fog com seu papel como Kathy Nicolo, uma alcoólatra em recuperação cuja casa é confiscada por problemas fiscais. Connelly disse que já teve heroínas trágicas o suficiente, mas papéis cômicos simplesmente não cruzam seu caminho.

– Vicê sabe, não é como se aparecesse uma nova comédia e você imediatamente pensasse em Jennifer Connelly –  ela brinca.

Mas se House of  Sand and Fog  não vai ajudar Connelly a construir uma reputação sobre sua veia cômica, o rumor em Hollywood é que pode lhe render seu segundo Oscar.

– É um pouco cedo, mas é um bom sinal as pessoas estarem considerando o filme assim. É óbvio que se você faz um filme, espera que as pessoas gostem – afirmou.